NOTÍCIAS
 
19/04/2010 - 15:58h
Poema

Atualmente com as mais modernas técnicas de criação e manutenção de aves em cativeiro, somado à melhoria genética,tornou-se mais fácil o encarte de canto clássico.

Muitos curiós tem canto clássico, porém para ser mestre tem que haver um diferencial.Poema foi contemplado com essas características, e esperamos que ele consiga transmiti-las aos seus descendentes nessa sua nova fase. Aos seus quatro anos incompletos ele tem como predicados cantar clássico durante a maior parte do dia, com o mínimo de rasgadas, e quando a faz é em R, ou carretilha.Seu pialado é idêntico ao do Cd, sendo que possui andamento impar, com batidas de praia com muito balanço e fechamento de canto em praticamente todas cantadas.

Quando era pardo, não era repetidor, mas no seu primeiro ano de preto começaram a aparecer a repetição, ficando em uma média de quatro a seis samaritá. Porém, agora no seu terceiro ano, ja com o canto cristalizado demonstra muitas cantadas de repetição, e ja chegou a vinte e duas repetições, com maestria do selo Prata - 30 anos - Moretti, editado pelo nosso amigo Tadeu, de Pirassununga. Costumo dizer que o Poema é meu mecânico, conserta qualquer curió que está com detalhes no canto.Tem a capacidade de soletrar o canto, começa cantando no papo, e vai aumentando o volume com as cantadas, mantendo andamento assentado e batidas com volume ascendente e descendente.

Este ano vai ser sua prova como raçador. Foram escolhidas fêmeas de muita repetição para o plantel, para somar com a genética Renegado de precocidade, voz e encarte. Poema foi meu primeiro clássico perfeito, e agradeço ao amigo Marcus de Barretos, que me concedeu esta alegria. O primeiro clássico agente nunca esqueçe, e este não sái daqui.

Cleuber Barbosa de Oliveira


< voltar

 
 
www.criadourominasdeouro.com.br - 2017 - Desenvolvimento: